Eventos
10 Setembro 2007
Rally Histórico Luso-Caramulo 2007

Foi no passado fim de semana de 7 a 9 de Setembro que se realizou o Rally Histórico Luso-Caramulo. Tratou-se mais uma vez de uma iniciativa que visou criar um encontro de índole nacional e internacional.

Destinado a todos os amantes do veículo clássico e antigo, o Rally Histórico Luso-Caramulo, inserido no Caramulo Motorfestival e co-organizado pelo Clube LusoClássicos, saiu para as nossas estradas com uma extrema vontade de adulterar os nossos traçados e hábitos de rotina.

Com uma lista de inscritos que ultrapassou as duas dezenas, este rally foi composto por diversas provas durante todo o seu percurso, onde todos os participantes poderiam por à prova, não só a sua condição física desportiva, como também as próprias características do seu veículo histórico num percurso que teve como principal centro o Luso, dirigindo-se para Tábua e culminado no Caramulo.

Com alguns participantes já a chegarem na sexta-feira à noite, e a conformarem um agradável cenário de ambiente vivido e verdadeiramente clássico, começou a trazer alguns curiosos que ao longo de algum tempo fizeram as suas próprias delícias.

Sábado de manhã bem cedo, a combinação entre adrenalina e vontade de “engolir” o asfalto, fazia-se notar nos rostos dos participantes, á medida que iam chegando ao Grande Hotel do Luso. Com os horários bem definidos, onde nada poderia falhar, foi dada a indicação para os concorrentes se aproximarem do ponto de partida. Era o minuto exacto….Era o início……Era a contagem……Preparem-se, a prova vai começar!!! Dez horas e trinta minutos, sai o primeiro veículo, um Citroen 15 CV de 1949 de Vasco Delgado, seguindo-se os restantes de minuto a minuto. Foi a verdadeira loucura no centro da Vila de Luso onde participantes, organização e população, respiravam a contagem decrescente de saída, culminando esta, ás dez horas e cinquenta e cinco minutos com um magnifico Porsche Carrera Cup de Samuel Gomes. A partir daí cada participante era dono do seu espaço. Road-Book com o navegador e volante com o piloto, classificativas de médias regulares e zonas de ligação para novamente continuar a prova…. Com já cerca de 15Km percurridos, o concorrente numero 11 (José Malafaia Felício), em Fiat 124 Spider, após atribulada curva á direita, tem uma saída de estrada, danificando o seu mítico carro, na zona frontal. Altura complicada da prova, mas que rapidamente se compôs e prontamente se esqueceu. Seguidamente duas singulares avarias. Volkswagen Carocha Oval de 1956, de Fernando Ribeiro e Volkswagen Carocha 1200 de 1960 de Rodrigo Almeida, precisamente com o mesma avaria, que originou a desistência das secções, tristemente declarada nos seus rostos. Já passava das 12:30, quando o último Veículo chegou a Tábua, ao Paços de Conselho. Fazia-se então o balanço da 1ª Secção de duas classificativas, acidentes, avarias, falhas nas passagens intermédias, traçado bem escolhido e difícil….Enfim, o melhor será mesmo é preparar o estômago para o almoço porque ás 15h e 45min, sai o 1º veículo, para o início da 2ª secção, 3ª e última classificativa.
5….4….3….2…..1….00 ,é dada a hora de arrancar em direcção ao Luso, numa prova de traçado bem mais rápido e sem muitas oscilações. Logo nos primeiros pontos de contagem intermédio, já se fazia notar quem verdadeiramente, cumpria as médias a valer, fazendo-se já prever quem poderia vencer esta prova. A vontade de alguns em vencer era a alegria dos outros em divertirem-se e fazerem mostrar as belas “Elviras” ao longo de um percurso de 135Km. 
 Sem muitos atrasos, eram já 17h e alguns carros ainda iam chegando ao recinto da perícia, na fabulosa Serra do Bussaco. O espaço estava pronto, os concorrentes também, organização a postos…..bem…..vamos começar. As honras da casa foram dadas pelo já conhecido campeão regional de Rali, Raul Aguiar, com um Toyota Corolla Twin Cam de 1985, ainda com vontade de recordar os anos de glória. O mote foi dado….. Bem bonito, ver as relíquias a fazerem a delícia ao pé dos participantes e ao magnífico público que por ali se ía juntando. “A prova foi muito boa, deu para descontrair e ao mesmo tempo apetecia voltar a fazer só para ver se conseguia melhor tempo”, dizia um dos participantes. A hora já se fazia notar e era o momento de encerrar a prova com o fresquinho BMW 323i, que suavemente fez as voltas necessárias para rematar estas sucessivas classificativas.

Já com tudo mais calmo, enquanto uns relaxavam no Hotel a organização fazia o balanço do dia ao lançar todos os tempos de prova….uma verdadeira loucura. Tudo tinha de estar pronto para a altura do jantar….nada poderia falhar. De jantar calmamente servido, e já com os concorrentes ansiosos pelos resultados, foi a hora de colocar os “bólides”, novamente a rolar. Toca a acelerar, a Avenida Emídio Navarro está repleta de gente para receber os participantes e participar na entrega de prémios. Com toda a elegância os veículos foram devidamente acolhidos por todos e nem um lindo AC Cobra que á última da hora apareceu, escapou ao olhar de todos. Foi então feita a entrega de prémios, onde na prova de perícia, em 1º Lugar ficou o concorrente nº 25 Tiago Silva, num bonito Autobianchi A 112 Abarth, em 2ª Lugar o carro nº 7, Edgar Martins com um magnifico Sinca 1000 Special de 1969 e em 3º Lugar o nº 26, Samuel Gomes num Porsche 944 Carrera  Cup. Na Prova de Regularidade, temos com 1º Lugar o participante nº 22 Miguel Lobo, em Lotus Seven de 1979, em 2º Lugar o carro nº 23, de Carlos Gonçalves em Porsche 924 Turboe e em 3º Lugar o veículo nº 25, Tiago Silva, no já conhecido Autobianchi A 112 Abarth,  Fim de noite em pleno, com um merecido descanso, para ao outro dia partir rumo ao Caramulo.

Dia 9 de Setembro…..o sol brilhava e já fazia realçar algumas mazelas em veículos mais sofredores. O dia apetecia e a hora avançava. Afixados os resultados gerais, era hora de rumar ao Caramulo para deliciar as máquinas. Numa viagem em caravana, com uma velocidade moderada, todos faziam notar a sua alegria ao passar pelas localidades do percurso, acenando convictamente para todos. Com cerca de 50Km percorridos, eram precisamente 12h e 12min, e o Rally Histórico Luso-Caramulo era anunciado no Caramulo MotorFestival. Devidamente alinhados, todos os veículos foram estacionados em frente ao Museu do Caramulo e junto ao local de partida para a Rampa do Caramulo. A hora do almoço apertava e a vontade dos participantes em conhecer e ver o que se passava era muito grande. Carros alucinantes, barulho infernal, consecutivas doses de dióxido de carbono….enfim, um ambiente digno de se ver. Já o dia parecia terminado, quando pelas 17h e mesmo para encerrar todo o evento, é anunciada a subida da Rampa pelos participantes do Rally Histórico. O momento era único….. Os veículo estavam prontos e a multidão esperava afincadamente. 3 Km de prazer, onde público e participantes criaram rapidamente uma química muito próxima. Todos os participantes estavam radiantes….. “senti-me bem e com vontade de acelerar”……”as pessoas gostam de ver estas elviras”……”para o ano cá estarei, o rally histórico foi fabuloso”.

Em suma, foi um fim de semana em grande para todos, e que todos participantes cobiçaram. Foi verdadeiramente fantástico. Parabéns a esta organização do Clube LusoClássicos, que muito tem demonstrado com as suas atitudes, tendo vindo a alterar positivamente todas as suas prestações.

Comentários de Pilotos

“fantástico, até uma moto veio para trazer ferramenta….”
“bem….este trajecto era apetecível”
“a organização mais uma vez está de parabéns, estava tudo muito, muito bem….”
“para o ano cá estarei, o Rally Histórico foi fabuloso”
“diverti-me muito com o desfile nocturno para a entrega de prémios”

A Organização do Clube LusoClássico, mas uma vez agradece a todos os que compareceram neste Rally e que demonstraram um grande afecto pela nossa organização.

Lista de Participantes

Veículo nº 01 – Citroen 15 CV

Ano – 1949

Condutor – Vasco Delgado

NavegadorCarla Alexandre

 

Veículo nº 02 – Citroen Arrastadeira 11C

Ano – 1954

Condutor José Carlos André

NavegadorAnabela Silva André

 

Veículo nº 03 – Volkswagen Carocha 1200 Oval

Ano – 1956

Condutor – Fernando Ribeiro

Navegador – Maria Angelita Amaral Ribeiro

 

Veículo nº 04 – Volkswagen Carocha 1200

Ano – 1960

Condutor – Rodrigo Almeida

Navegador – Hugo Gonçalves

 

Veículo nº 05 – Triumph Herald

Ano – 1962

Condutor – Luis Tovim

Navegador – Rui Couceiro

 

Veículo nº 06 – Volkswagen 1300

Ano – 1966

Condutor – Eduardo António Machado da Silva

Navegador – José Alberto Oliveira

 

Veículo nº 07 – Simca 1000 Special

Ano – 1969

Condutor – Edgar Martins

Navegador

 

Veículo nº 08 – Simca 1000 Special

Ano – 1969

Condutor – Joaquim Afonso Farias

Navegador

 

Veículo nº 09 – MG B

Ano – 1969

Condutor Luís Manuel Gonçalves

Navegador

 

Veículo nº 11 – Fiat 124 Spider

Ano – 1971

Condutor – José Malafaia Felicio

Navegador – Norberto Canha

 

Veículo nº 12 – BMW 2002

Ano – 1971

Condutor – Carlos Cunha

Navegador – Maria Fernanda Cunha

 

Veículo nº 13 – Mini Morris MKII

Ano – 1972

Condutor – Rui Sérgio

Navegador – Francisco

 

Veículo nº 14 – BMW 2002

Ano – 1973

Condutor – Raquel Carvalho

Navegador – Rita Mira

 

Veículo nº 15Suzuki gs100

Ano – 1972

Condutor Carlos Mancelos Ferraz

Navegador

 

Veículo nº 16 – BMW 2800

Ano – 1973

Condutor – Álvaro Pinto Côrnea Serrão

Navegador – Berta Maria Neves Rocha

 

Veículo nº 17Fiat Spor Spider 1800

Ano – 1973

Condutor David Manuel Almeida Oliveira

Navegador – Ilda Glória Costa Gomes Oliveira

 

Veículo nº 18 – Ford Escort GT HC

Ano – 1974

Condutor – Ricardo Emanuel Neves Pereira

Navegador – Maria Helena Neves Pereira

 

Veículo nº 19 – Triumph Spitfire MK IV

Ano – 1974

Condutor – Orlando Tato de Almeida

Navegador – Maria do Rosário Pinto

 

Veículo nº 20 – Porsche Carrera

Ano – 1980

Condutor – Pedro Lopes

Navegador – Pedro Antunes

 

Veículo nº 21 – Mini 1300

Ano – 1975

Condutor – Carlos Alberto Sono

Navegador

 

Veículo nº 22 – Lotus Seven

Ano – 1979

Condutor – Miguel Lobo

Navegador – Joel Carvalho

 

Veículo nº 23 – Porsche 924 Turbo

Ano – 1979

Condutor – Carlos Gonçalves

Navegador – Manuela Gonçalves

 

Veículo nº 24 – Ford Taunus 1.6

Ano – 1982

Condutor – Artur Jorge de Miranda

Navegador – Angela Amaral Ribeiro

 

Veículo nº 25 – Autobianchi A 112 Abarth

Ano – 1985

Condutor – Tiago Barbosa da Silva

Navegador – Paulo Coutinho dos Santos

 

Veículo nº 26 – Porsche 944 Turbo Cup

Ano – 1988

Condutor – Samuel Pinho Gomes

Navegador – Joana Alexandra

Classificação Prova de Regularidade (clicar para abrir em excel)

Classificação Prova de Perícia (clicar para abrir em excel)

Fotos: Tiago Ângelo e João Ferreira

 “Há momentos na vida que não se podem perder, são únicos”

 


galeria de imagens
 

#

#

#

#

#

#

#

#

#

#

#

#

#

#

 
01 02 03 04 05 06 07 08 09 »»

 

Todos os direitos reservados ao Clube LusoClássicos | produção internet: Ventre