Notícias
27 Junho 2014
Rally Histórico Luso-Caramulo 9ª edição - Classificação Geral

Rally Histórico Luso Caramulo …..a sua 9ª Edição….a sua História…os seus momentos…a sua evolução e….a sua prova!!!!!!

Por mais que se procurem palavras para caracterizar este rally, elas personificam-no mas deixam sempre algo por dizer…nada como participar para se sentir a realidade dos momentos!
Desta vez, a história vai ser contada numa versão mais “doméstica”, onde a descrição dos factos será uma constante, contando de fio a pavio os momentos de todo o espetáculo…..Comecemos!!!!.....Vá, não hesitem muito…….Comecemos Por favoooor!!!!!

A partir do momento em que se começou a construir este rally, as ideias foram explodindo dia após dia, canalizando tudo para uma palavra que ajudará a descrever…..”Loucura”. Os dias que antecederam a prova foram de um stress constante, para garantir que tudo estaria operacional…. Se queriam ver o que era correr e voar, discutir e saltar, bastaria estarem presentes na “sede” do LusoClássicos para rapidamente comentarem…”minha nossa, eu quero vir viver para aqui”…. 

Dia 5 de Setembro, 22,20h, e alguém gritava…”Por favor alinhem para as verificações que há participantes à espera”……o Rally tinha começado nesse dia…ou melhor, os participantes começaram a chegar nesse dia, porque na realidade o Rally tinha começado à seis meses atrás….. De coletes vestidos, a equipa de comissários iniciou a verificação dos veículos enquanto a restante organização ultimava todos os restantes preparativos. No final, o dever tinha sido salvaguardado e o dia 6 estava mesmo mesmo a sorrir para o inicio da Prova. Já eram 7.30h da manhã e a organização começou a pulverizar a Vila de Luso com as suas operações. Tudo parecia fácil e cada um já sabia o que fazer…. De repente as 8h da manhã tocaram e os participantes começaram a chegar……confusão!!!! Mustang, Mini, Triumph, BMW…..bem, as máquinas chegavam e não havia mãos a medir para tanta atenção. Faz-se o briefing…definem-se as prioridades, iniciam-se as contas e….. pelas 10 horas as beldades de quatro rodas começam a alinhar na linha de partida. O Carocha de 1956 aquecia os motores e a chuva arrefecia os ânimos….para quem não esteve presente, imaginem veículos desde a década de 50 a fazerem parte deste cenário e a chuva a cumprimentar todos com um sorriso inovador…..De minuto a minuto, ao longo dos 35 veículos presentes, sentiu-se um enorme calor que fez a delicia de todos…..Por momentos a organização ficou misturada entre o público todo presente deliciando todos com os seus comentários de louvor….magnifico. A primeira Seccção era composta por 3 PECs onde a curva era o prato preferido e a contagem servia de aperitivo para o almoço…. Tudo impecável e o feedback das equipas de controlo fazia-se a cada instante….de repente…sim de repente, o telefone toca e o primeiro acidente estava instalado….Num abrir e fechar de olhos a organização mobilizou esforços para acolher os participantes e enquanto isso o bailado em jeito de peão fazia, naquela curva, o mote para uma nova dança automóvel….. Triumph TR3A, estava batido na lateral após uma saída de estrada….felizmente tudo resolvido e rapidamente esta peça de 1960 fazia novamente parte da prova….. Já bem perto do almoço, e com os participantes a chegarem a Mortágua, ouve-se alguém da organização a “gritar”….. “Fiat 126 capotou na figura 70”….. os meios mobilizaram-se para o local a toda a velocidade mas de repente, mesmo quase a chegar, vê-se aquela “caixinha de fósforos” já novamente em prova…..enfim, que coisa bela. Parando, analisou-se o 126 e…….até o navegador tinha terra no corpo…. Um cenário não muito divertido mas rapidamente contrariado pelo sorriso dos participantes que insistiam…”estamos cá e amanhã o 126 vai para o Caramulo ”….. Daí até ao almoço foi um instante, havendo ainda tempo para um espumante fresquinho…afinal, LusoClassicos que é LusoClássicos, oferece estas coisas para que todos se sintam aconchegados….. As conversas sentiam-se a KMs e o calor dos motores passou literalmente para os participantes que a esta hora já viam o Sol a aparecer, aquecendo assim a 2ª Secção….a tão esperada parte da tarde, que prometia muito mais dureza e muitas mais curvas….. 

    Às 15h, os 35 veículos do Rally Histórico, estendiam-se ao longo da Serra do Bussaco, passando por locais onde, em tempos, o Rally de Portugal, marcou território. Notou-se um verdadeiro corrupio desde o inicio da tarde e a velocidade colocada, mostrou a todos que este Rally, no futuro, poderia ser registado de uma forma ainda mais intensa. Desde a leveza do Triumph….à miniatura do Mini…passando pela grandiosidade do Mustang….até ao Citroen BX TC, onde somente existem 26 unidades no Mundo….olhando para o Alfa GT Junior…. A beleza do momento único foi alcançada ao longo destes 200km de prova e da parte da tarde fez a delicia do publico que nas ruas ía parando e olhando de boca aberta…. Magnifico, e para quem tem duvidas que este Rally foi um sucesso, não hesite e venha na 10ª edição em 2015….. 

    Numa cruzada de curvas e contra curvas, estas relíquias recordaram outras histórias e outros tempos mas nunca perderam a sua riqueza interior, chegando ao final do dia, cheias de emoções e apetite para a Especial de Pericia…aliás, uma imagem de marca deste Rally. Sol….Música…Sorrisos…enfim, um local aberto, com os pinos instalados e todo um conjunto de alegria que fizeram um registo de descompressão…mais uma vez se ouviu alguém comentar “eu quero vir viver para aqui”…. Este ano a prova teve um novo apontamento…fez-se a apresentação do figurino e….. afinal quem conta cada tempo é mesmo cada um dos navegadores…. Bonito!!!!! E esta, hein??!! Rir?....foi mais que isso caros amigos….foi uma gargalhada que fez “esquecer” a adrenalina da tarde…. Foi um momento chave…lindo e de recordar. Entre pinos, peões, publico e sorrisos, a alegria deste momento vai ficar marcado de certeza…e, para além disso, ao LusoClassicos foi colocado o desafio pela dupla Manuela e Carlos Gonçalves, de colocar as navegadoras a fazer a perícia, atribuindo-se um prémio… Excelente e cá estão mais momentos diferentes onde mostram que este Rally é de todos e para todos……Parabéns à Manuela Gonçalves, à Mariana Mexia Leitão e Silvia Silvestre pela vitória…. Viva o bailado que transformou este fim de dia, numa bela conversa com espumante no interior da mata do Bussaco. Um reconhecimento muito grande à equipa vencedora à Geral….uma equipa feminina, Leonor Espinhal e Margarida Neves a bordo de um Escort MKI 1300 de 1974…. No final, e não nos “finalmentes”, e depois do jantar, houve a prova Seabra, onde a nós se juntou o Clube Honda S2000 mais uma vez, culminando com uma festa, “prova Seabra”, onde o Gin foi a contagem certa.

   Dia 7…..como é??? Vamos para o Motorfestival? Ao Rally juntaram-se mais dois Clubes…o Honda S2000, que pela sua boa disposição marcaram mais um momento de diversão, fazendo a prova “Rampa do Bussaco” e o Opel GTC, sempre presentes e divertidos que nos acompanharam até ao Caramulo. Já no coração da serra, a despedida desta maravilha associou-se ao “até para o ano dos Honda S2000”…cada um foi para seu lado e o Rally seguiu em caravana até ao Caramulo…. Terceiras daqui…aceleradelas dali….curva, reta…enfim, 50Km a servirem de passadeira até ao  Caramulo. Eram precisamente 12h e 20min, e o primeiro veículo passava a placa “Caramulo”…..10min antes do previsto. 5 minutos depois foi o momento…..o momento em que muitos não ouvem mas outros sentem porque estão mais próximos das colunas de som….era anunciada a entrada do Rally Histórico Luso Caramulo… bem alto e a bom som, a descrição que se ouvia, arrepiou de forma positiva quem quis ouvir. 40 veículos eram aclamados e o ambiente existente tornou o Rally numa escultura bem torneada, onde cada membro é parte integrante de um todo….parabéns ao Caramulo MotorFestival pelo maravilhoso cenário. A partir daqui, cada participante ocupou, depois do almoço, o tempo como queria, tirando partido do Museu, Automobilia, e outras tantas atividades existentes… Quando tudo parecia calminho, eis que da voz do Speaker, se anuncia a Subida da Rampa do Caramulo e solicitam ao LusoClassicos que faça a honras da mesma…Bem… toca a mexer e a entupir novamente as estradas….mais do que um desfile foi uma manifestação de prazer e só mesmo quem participa é que consegue no final dizer…..”Bolas…eu quero mesmo vir viver para aqui”….
    Mais palavras? Hum, acho que não vale a pena. Bem sabemos que as palavras ajudam a descrever as coisas e a transmitir a emoção de qualquer momento mas façam uma coisa…Venham para o ano e vivam realmente todos estes momentos como se fossem únicos.

    Ao Clube LusoClássicos o nosso obrigado por mais um fim de semana digno de excelência, onde o Caramulo foi mais uma vez o objetivo alcançado. A todos os amigos cá vai o nosso obrigado porque na realidade isto tudo que se relatou, tem e terá sempre a assinatura de todos..e eles sabem quem são.!!!!!
Agradecimentos à Junta de Freguesia de Luso, Camara Municipal da Mealhada, Sociedade das Águas de Luso, Fundação Mata do Bussaco, Turismo de Luso e Ttermas de Luso.

   Para todos os que estiveram presentes a participar, os que viram, os que leram, os que ouviram e mesmo para os que nem nada sentiram, o nosso muito obrigado e nunca se esqueçam…”Há momentos na vida que não se podem perder…São Únicos!!”

Classificações

Prova de Regularidade

Classe A
1 º - VW Carocha de 1956 – Fernando Ribeiro e Maria Angelita Ribeiro
2º - Triumph TR3A de 1960 – Carla Ventura e António Oliveira
Classe B
1º - Ford 20M de 1968 - Alberto Taveira / Sara Silva
2º - Opel GT 1900 de 1970 - Gustavo Soares / Maria Vicente
3º - Sunbeam Alpine de 1964 - Michael Odell / Luis Candido
Classe C
1º - Ford Escort MKI de 1974 – Leonor Espinhal / Margarida Neves
2º - Alfa Romeo GT Junior de 1972 - Jorge Coelho / José Sarabando
3º - Mini MKII de 1972 – Silvia Silvestre / Angela Ribeiro
Classe D
1º - Renault 5 GT Turbo de 1987 – Rogério Silva / Carla Figueiredo
2º - Citroen DS - Karen Peres / Pedro Oliveira
3º - Renault 11 Turbo de 1987 – António M Almeida / Sandro Almeida
Classe E
1º - Toyota Celica 4WD de 1994 – Mário Pinhal / Alvaro Pinhal
2º - Renault Clio Williams de 1995 - Manuela Gonçalves / Carlos Gonçalves
3º - Mini Cooper de 1996 – Ricardo Pereira / Maria Pereira

Equipas

1º - PortoFlex / Autocar RC Team
2º - PO2 Racing Team

Femininas
1º - Renault Clio Williams de 1995 - Manuela Gonçalves / Carlos Gonçalves
2º - Mini MKII de 1972 – Silvia Silvestre / Angela Ribeiro
3º - Renault Alpine A310 de 1980 – Ana Mexia Leitão / José Teles

GERAL
1º - Ford Escort MKI de 1974 – Leonor Espinhal / Margarida Neves
2º - Alfa Romeo GT Junior de 1972 - Jorge Coelho / José Sarabando
1º - Ford 20M de 1968 - Alberto Taveira / Sara Silva

Prova de Perícia
1º - Renault Alpine A310 de 1980 – José Teles  / Ana Mexia Leitão
2º - Renault Clio Williams de 1995 - Manuela Gonçalves / Carlos Gonçalves
3º - Mini Cooper de 1996 – Ricardo Pereira / Maria Pereira

Rampa “Fundação Bussaco”
1º - Renault Alpine A310 de 1980 – José Teles  / Ana Mexia Leitão
2º - Mini Cooper de 1996 – Ricardo Pereira / Maria Pereira
3º - Renault 11 Turbo de 1987 – António M Almeida / Sandro Almeida

Que ambiente fantástico

 

Lista de Participantes Rally Histórico Luso-Caramulo 2014

Classificação Geral Rally Histórico Luso-Caramulo 2014 (clicar para abrir ficheiro em PDF)

Tempos Manha Rally Histórico Luso-Caramulo 2014 (clicar para abrir ficheiro em PDF)

Tempos Tarde Rally Histórico Luso-Caramulo 2014 (clicar para abrir ficheiro em PDF)

Tempos Prova Perícia Rally Histórico Luso-Caramulo 2014 (clicar para abrir ficheiro em PDF)

"Há momentos na vida que não se devem perder, são únicos"

Todos os direitos reservados ao Clube LusoClássicos | produção internet: Ventre